Meu Diário
05/04/2018 15h54
Os mitos da praia de Itapoá

O Canto da Sereia

Caminhando pela praia como de costume, desta vez no sentido Itapoá / Itapema do Norte, há uns 1100 metros da Rua 1600, me deparei com este aconchegante espaço gastronômico.

Uma pequena e atraente construção de madeira, com temática toda de praia, surf e pesca, o que chama atenção é a estátua de uma sereia feita em cimento e revestida com pedaços de espelhos. O local é uma lanchonete onde se serve o que de mais comum se oferece em locais como esse, no entanto, o capricho e o cuidado com a decoração, torna-o um espaço diferente e acolhedor.

A sereia como símbolo, chama atenção pelo ineditismo da figura por estas bandas, e também pelo que representa no imaginário popular.

Figura mitológica, de beleza inigualável, atraia os navegantes com seu canto lírico belíssimo e embriagador, o que deixava aqueles que ouviam completamente seduzido e levados às profundezas dos mares por descuido e um encontro sempre impossível.

A ducha está a disposição de todos, evidentemente que a um pequeno custo para a própria manutenção.

Pelo jeito, o idealizador do ambiente mora no local, pois ao fundo se vê o que parece ser um atelier para a elaboração dos sonhos em realidade.

 

Este é o Canto da Sereia. Caminhando pela praia, fica na Rua 1390, 55, me corrijam se estiver enganado, pois eu fui pela areia e não pelo asfalto.


Publicado por LuizcomZ em 05/04/2018 às 15h54
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("Você deve citar a autoria de Luiz Antonio de Campos e o site www.luizcomz.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.